Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Benefícios do aparelho auditivo para o seu dia a dia

Benefícios do aparelho auditivo para seu dia a dia

A perda auditiva, mesmo em grau leve, pode dificultar várias atividades do dia a dia e comprometer seu relacionamento com a família e amigos, além do ambiente profissional. Afinal, sem ouvir direito, participar de um jantar ou mesmo assistir à TV deixam de ser tão divertido e apresentar um projeto de trabalho pode causar muito estresse e desconforto.

A boa notícia é que, mesmo que a perda não possa ser revertida, o uso de aparelhos auditivos possibilita que você leve uma vida normal, por isso, é importante não adiar o diagnóstico e buscar ajuda profissional logo nos primeiros sinais de que você não está ouvindo bem.

Neste artigo, vamos apresentar alguns benefícios do aparelho auditivo e como ele pode resolver problemas que, hoje, você considera sem solução. Ao final da leitura, você vai perceber como transformar sua vida para melhor, mesmo com perda auditiva, pode ser mais fácil do que imagina.

 

Benefícios do aparelho auditivo

Sons perdidos voltam a ser ouvidos

Imagine não escutar quando lhe chamam ou quando começa a chover; não conseguir participar de uma conversa sem fazer leitura labial; ter de aumentar o volume da TV, causando, muitas vezes, constrangimento aos outros.

Para quem convive com a perda de audição, essa é a realidade diária, mas tudo pode mudar com o uso de aparelhos auditivos. Mesmo que pareça um benefício óbvio para estar nessa lista, ele resume bem a importância de voltar a ouvir e, para quem já não escutava alguns sons há muito tempo, pode ser um processo emocionante.

 

Encontros com família e amigos voltam a ser um prazer

Quantas vezes você arrumou uma desculpa para não ir a uma comemoração familiar ou ao cinema com os amigos por receio de constrangimentos? Sem ouvir bem, esse tipo de interação social fica complicado mesmo.

Mas com aparelhos auditivos, você dribla a dificuldade para ouvir e consegue se relacionar com muito mais confiança e prazer. E isso não inclui apenas os programas fora de casa, não. Sentar-se com a família para assistir à TV sem ter de aumentar o volume será totalmente possível e, com certeza, muito mais agradável para todos.

 

O trabalho se torna menos estressante

Além dos relacionamentos pessoais, os aparelhos auditivos também contribuem para sua carreira profissional. Com todos os ruídos de um escritório, às vezes, é difícil ouvir quando alguém chama por você ou o telefone toca, por exemplo. Para quem tem perda de audição, esse tipo de situação é ainda mais comum e, muitas vezes, pode levar a um julgamento equivocado de desatenção e negligência. O uso de aparelhos resolve esses problemas e lhe torna ainda mais produtivo.

No trabalho remoto, durante a pandemia, com tantas videochamadas de trabalho, quem tem perda auditiva vive em constante estresse para se comunicar. Com aparelhos, você consegue interagir de forma muito mais tranquila e participar mais ativamente das reuniões a distância. Se você tiver um dispositivo com bluetooth, por exemplo, pode conectá-lo a seu celular, tablet ou computador e usá-lo como um fone de ouvido, facilitando ainda mais a comunicação.

 

Tecnologias facilitam seu dia a dia

Atualmente, há muitas tecnologias que não só facilitam a adaptação como ampliam a lista de benefícios do aparelho auditivo. Dispositivos com bluetooth, por exemplo, permitem a conexão com televisão, celular, computador e outros sistemas compatíveis e até mesmo acender e apagar as luzes de sua casa. Além disso, há uma série de acessórios para aparelhos com conectividade que podem tornar sua rotina mais prática e tranquila.

 

Seu dia fica menos cansativo  

Quem tem dificuldade para ouvir precisa fazer um esforço maior para realizar algumas tarefas, o que pode levar a uma sobrecarga cerebral em função de estar constantemente alerta para conseguir compreender os sons. Além disso, ter de pedir frequentemente para as pessoas repetirem o que estão dizendo também é bastante desgastante.

Se você usa aparelhos auditivos, todo esse esforço é reduzido e você consegue realizar suas atividades com mais tranquilidade e leveza, chegando ao fim do dia com muito menos cansaço mental.

 

Ruídos e zumbido ficam no passado

Antigamente, muitas pessoas reclamavam da qualidade do som gerado pelos aparelhos auditivos, mas esse problema ficou no passado. Hoje em dia, os dispositivos estão mais modernos e com tecnologias que permitem a captação de sons de forma clara e precisa, eliminando interferências. Aparelhos digitais, por exemplo, contam com softwares e hardwares mais avançados, com chips que digitalizam e equalizam os sons.

No caso do zumbido, os aparelhos auditivos têm sido utilizados em terapias de enriquecimento sonoro, contribuindo para a melhor qualidade de vida de quem convive com o problema.

 

O risco de acidentes é menor

Sem conseguir ouvir alguns sons, você está mais exposto a acidentes dentro ou fora de casa. Afinal, é possível não ouvir quando um copo cai no chão e quebra ou quando uma bicicleta se aproxima.

Com o uso de aparelhos, é possível recuperar esses sons e, consequentemente, aumentar sua segurança, pois você fica mais atento e pode identificar algum perigo mesmo a uma distância maior.

 

Sua saúde mental ganha um importante aliado

Sem ouvir direito e com medo das interações pessoais, quem tem perda auditiva tem, também, uma grande inclinação ao isolamento. No longo prazo, essa condição pode evoluir para quadros mais sérios, inclusive de depressão e ansiedade.

Com aparelhos auditivos, esse receio de se comunicar diminui e a pessoa consegue levar uma vida normal, sem sobrecarregar sua mente com medos e preocupações excessivas. Ao ouvir melhor, aumenta a confiança e a autoestima, levando a uma melhor qualidade de vida e bem-estar.

 

Seu cérebro fica mais ativo

De acordo com uma pesquisa do Instituto Johns Hopkins em parceria com o Conselho Nacional sobre o Envelhecimento, a perda auditiva aumenta o risco de atrofia cerebral, demência e depressão, porque compromete habilidades cognitivas como a atenção e a memória. É que o cérebro precisa de estímulos para criar conexões e, se você recebe menos estímulos sonoros, vai ter menos referências para serem acionadas.

Para crianças com perda auditiva, criar essas conexões é ainda mais importante, por ser uma fase de aprendizado, desenvolvimento da fala e da linguagem. Nesse caso, o aparelho auditivo é um fator determinante para garantir que não haja atrasos nos processos de aprendizagem e de comunicação e socialização.

 

As chances de evolução da perda auditiva diminuem

Quando você tem perda auditiva e não trata o problema, o quadro pode evoluir progressivamente, chegando até a surdez total. Além disso, a adaptação ao tratamento fica mais difícil e os aparelhos tornam-se cada vez maiores.

Já quem trata a perda de audição logo no início do problema pode contar com próteses mais discretas e confortáveis, que pouco interferem em sua aparência e em seu dia a dia.

 

A importância do diagnóstico

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que cerca de 10 milhões de brasileiros, quase 6% da população, tenham algum grau de comprometimento da audição, mas a demora do diagnóstico é um grande empecilho para melhorar sua qualidade de vida. De acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia, as pessoas levam cerca de sete anos para procurar um médico e outros dois para iniciar o tratamento, o que pode levar a várias complicações.

Por outro lado, ter o diagnóstico o quanto antes possibilita que você aproveite todos os benefícios do aparelho auditivo, que, como você viu neste artigo, são muitos.

Então, não adie mais sua consulta. Agende uma visita ao otorrino e, se precisar de aparelhos auditivos, procure a Audiofisa para lhe auxiliar. Para facilitar ainda mais seu tratamento, oferecemos teste gratuito por sete dias e acompanhamento completo com nossos profissionais.

Solicite agora o seu teste grátis.

Leia também:

8 sinais de que é hora de trocar seu aparelho auditivo

Aparelhos auditivos x Amplificadores de som: qual a diferença entre eles?

Tenho perda auditiva e não uso aparelho auditivo: meu grau vai aumentar?

Manual-Aparelho-Auditivo
[ebook] Manual do Aparelho Auditivo

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts