Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Fadiga auditiva: o que é e como acontece

Fadiga auditiva: o que é e como acontece

Você sabia que manter uma exposição prolongada a ruídos e chiados pode causar diversos problemas nos ouvidos, inclusive a fadiga auditiva?

É uma situação mais comum do que parece e que pode causar diversos incômodos auditivos.
Se você deseja entender mais sobre o que é, como acontece e quais são as causas da fadiga auditiva, prossiga com a leitura deste conteúdo.

O que é fadiga auditiva?

A fadiga auditiva é cada vez mais comum nos dias de hoje. É um problema que pode causar a sensação de ouvido entupido, ouvido cheio e até mesmo a sensação de zumbido no ouvido.

Estes sintomas são sinais de que as células auditivas da cóclea – que são responsáveis por transformar as ondas sonoras em impulsos elétricos que são lidos pelo cérebro – sofreram um esgotamento, daí o nome de fadiga.

De forma mais técnica, os especialistas costumam dizer que é uma “redução temporária da capacidade auditiva”. Em certos casos é possível recuperar o cansaço auditivo em apenas alguns dias, mas ainda assim é fundamental conversar com um especialista para saber ao certo do que se trata o problema.

Quais são os sintomas da fadiga auditiva?

Como citado anteriormente, os principais sintomas da fadiga auditiva incluem a sensação de ouvido entupido, zumbido no ouvido e até mesmo o ouvido cheio.

Em alguns casos pode também causar pequenas dores no ouvido. Mas é válido ressaltar que o problema pode variar de pessoa para pessoa e por isso não deve ser auto diagnosticado.

É possível prevenir a fadiga auditiva?

Usar protetores auriculares quando há exposição constante a ruídos pode ser uma forma de evitar os danos. Mas além disso, é possível:

  • Quando for a shows ou festas, evite a proximidade com as caixas de som;
  • Procure manter um estilo de vida saudável já que isso possui influência direta na sua saúde auditiva;
  • Se você tem costume de usar fones de ouvido, faça pausas, deixe os ouvidos descansarem e nunca os utilize com o volume muito alto;
  • Evite introduzir objetos no canal auditivo, bem como hastes flexíveis e outros objetos, já que eles podem causar danos permanentes à audição;
  • Se notar qualquer alteração auditiva, busque imediatamente um médico especialista para saber do que se trata. Existem diversos problemas que podem ser resolvidos no início, por isso, não demore a buscar auxílio.

Existe relação da fadiga auditiva com a perda de audição?

Uma dúvida muito comum em relação a fadiga auditiva é se ela tem alguma relação direta com a perda de audição. Essa resposta pode variar de acordo com o grau de fadiga auditiva.

Quando ela é categorizada como fadiga auditiva severa, tende a causar problemas mais graves na audição e os mesmos devem ser analisados por um especialista já que podem causar perda auditiva momentânea.

Além do mais, os sintomas da fadiga auditiva, como o zumbido no ouvido, por exemplo, podem causar incômodos que necessitam de tratamento para evitar o agravamento.

O conteúdo cessou suas dúvidas sobre a fadiga auditiva? Se ainda restam dúvidas, entre em contato conosco e saiba mais sobre esse e outros assuntos. Conte com a AudioFisa para cuidar da sua saúde auditiva.

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts