Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Hábitos rotineiros que prejudicam a audição

Alguns hábitos que fazem parte do seu dia a dia podem prejudicar mais a sua audição do que você imagina. Veja se você está deixando-os passar despercebidos.

As pessoas costumam reclamar que você fala alto demais? Tem aumentado frequentemente o volume da televisão para ouvir melhor? Ouve música com fone de ouvido e o som nas alturas? Alguns hábitos que fazem parte do seu dia a dia podem prejudicar mais a sua audição do que você imagina.

É muito comum realizar exames de vistas, como aqueles de enxergar as letrinhas no fundo do quadro para verificar a visão. Mas e para a sua audição? Você tem procurado o médico para descobrir se está tudo bem?

No Brasil, uma pesquisa revelou que os problemas de audição, de forma geral, são muito prevalentes e variam de acordo com faixa etária, atividade profissional e até mesmo questões socioeconômicas. A perda auditiva pode ocorrer gradativamente ou de forma súbita. Por isso, vale lembrar que ao notar qualquer mudança na audição, você deve procurar o médico.

Se você não quer que isso aconteça ou se já tem uma dificuldade de audição e não quer que isso evolua, separamos alguns hábitos que afetam a audição, mas quase sempre passam despercebidos.

Quais são os hábitos devo evitar?

Usar fones de ouvido

Mesmo que não seja muito alto, utilizar os fones frequentemente pode atrapalhar sua audição com o tempo. Vale lembrar que ouvir música, mesmo sem fone de ouvido, em um volume acima de 80 decibéis por mais de uma hora, pode ser extremamente prejudicial para a audição.

Ver televisão com o volume alto

Essa afirmação segue a mesma recomendação de quem escuta rádio, só que o som é da TV. Preste atenção no volume da TV, principalmente quando você assiste em um ambiente fechado e diariamente.

Fumar

Sim, o fumo possui ligação direta com os problemas auditivos, já que o cigarro possui cerca de 5 mil substâncias tóxicas que atrapalham além da audição, o olfato e o paladar.

Convívio frequente com barulho em excesso, seja em ambiente profissional (máquinas, festas)

Use protetores auriculares e faça acompanhamento com um médico pelo menos uma vez ao ano. Identificar alguma perda auditiva, mesmo que mínima, pode evitar que ela evolua.

Estes são apenas alguns hábitos. É importante cuidar e procurar acompanhamento médico ao notar qualquer mudança. Dores, incômodos ou somente o fato de não entender direito uma conversa podem demonstrar muito sobre a audição.

ebook labirintite

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts