Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Você sabe o que é agnosia auditiva?

Você sabe o que é agnosia auditiva?

Uma parte da população mundial, mais especificamente 3% dela, não consegue reconhecer vozes mesmo quando elas são de pessoas próximas, como familiares e amigos.

Isso acontece devido a um problema chamado de agnosia auditiva.
É uma questão que pode se manifestar de duas formas distintas e você vai entender um pouco mais sobre o assunto ao longo deste conteúdo.

Prossiga com a leitura.

Afinal, o que é agnosia auditiva?

Como você já leu no início do texto, a agnosia é um problema com relação ao reconhecimento de vozes.

É uma doença que foi descoberta aproximadamente em 1982, mas foi só em um estudo recente que a estimativa de pessoas que sofrem com o problema ao redor do mundo foi descoberto.

Além da porcentagem de portadores, o estudo revelou que ela pode ser genética ou também causada por algum tipo de trauma, como a cegueira, por exemplo.

Ela pode surgir de duas maneiras: ou a pessoa é incapaz de reconhecer as vozes ou ela é incapaz de distinguí-las. Os portadores do problemas têm uma dificuldade ou a outra, sendo incomum ter ambas simultaneamente.

Quais são os sintomas?

Fisiologicamente, as pessoas que possuem a agnosia auditiva podem ouvir os sons de maneira normal, podendo até descrevê-los. Porém, elas não são capazes de reconhecê-los.

Um exemplo claro é que a pessoa é capaz de ouvir um som como o de um motor, mas não sabe associar aquele som com o local de onde vem, sendo ele o próprio motor ou um carro.

Os sintomas podem surgir em pessoas jovens e também em idosos e podem ser variáveis, além do sintoma comum da falta de reconhecimento das vozes. Por isso, é fundamental buscar auxílio especializado para identificar ao certo se o problema é ou não agnosia auditiva.

Quais são as causas?

É possível notar a agnosia já no nascimento, mas os estudos ainda não sabem informar a forma exata do motivo deste fato.

Pode ter relação também com os danos do córtex auditivo secundário e terciário do lobo temporal.

Além do mais, é possível que a agnosia aconteça por:

  • Alguns tipos de lesões, como traumatismo craniano, por exemplo
  • AVC (acidente vascular cerebral)
  • Demência
  • Alguns tipos de perturbações neurológicas
  • Entre outros fatores que podem ser informados por um médico especialista

Existem tipos de agnosia auditiva?

A agnosia pode ser dividida como:

Agnosia simples

Que é quando o paciente não consegue reconhecer um simples som familiar, como o som da chuva, portas rangendo, entre outros.

Agnosia áudio verbal

Que é a incapacidade de distinguir a fala.
É comum neste tipo que a pessoa ouça as falas como um conjunto de sons estranhos.

Tonificar agnosia auditiva

Que é quando o portador não consegue capturar nem o tom, nem o timbre, mas tem a capacidade de reconhecer e perceber as estruturas gramaticais da fala.

Como é feito o diagnóstico e o tratamento?

Para diagnosticar o problema é necessário realizar alguns exames e testes, como neuropsiquiátricos, por exemplo.

Já o tratamento depende diretamente da causa original do problema, mas ainda não existe uma forma específica de tratar.

Sendo assim, é fundamental o apoio da família e dos amigos. Buscar apoio psicológico e integração a atividades de lazer também é fundamental.

Se o conteúdo foi informativo e te auxiliou no conhecimento sobre a agnosia auditiva, compartilhe nas suas redes sociais para alertar outras pessoas sobre o problema. Conte com a AudioFisa.

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts