Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Zumbido no ouvido tem cura?

Homem com zumbido no ouvido

Antes de mais nada, é importante dizer que o zumbido no ouvido não é uma doença, mas sim um sintoma! Aquele barulhinho incômodo, que lembra quase um apito e não possui uma causa externa, é chamado de zumbido. 

Ele pode ter diversas causas e preocupar pessoas em situações completamente distintas. Além disso, a forma como ele se manifesta não é igual para todo mundo. Pode ser mais agudo ou mais grave, contínuo ou pode acontecer só às vezes. 

De acordo com a Associação de Pesquisa Interdisciplinar e Divulgação do Zumbido (APIDIZ), cerca de 40 milhões de brasileiros declaram ter a sensação de zumbido no ouvido. Apesar do número gritante, uma porcentagem significativa dos que sofrem com o sintoma não procuram tratamento. 

Por isso, neste artigo nos preocupamos em explicar um pouco mais sobre do que se trata o zumbido no ouvido, se ele tem cura, as doenças relacionadas e como o tratamento deve ser feito. Confira!

Como tratar o zumbido no ouvido?

Dada a informação de que o zumbido é um sintoma, e não uma doença, quando o problema causador tiver sido solucionado, ele deverá sumir. E como foi explicado anteriormente, o surgimento do zumbido pode acontecer por diversas causas. Por isso, não há um tratamento em comum para todos os pacientes. 

Alguns casos podem exigir intervenções específicas para o zumbido. Enquanto outros podem necessitar apenas do tratamento da causa sobrejacente. No surgimento do zumbido, procure um médico. Ele poderá orientar o seu tratamento da maneira adequada. E fique em alerta: essa visita ao especialista não deve ser adiada! Além de poder indicar outras doenças, adiar o tratamento do zumbido no ouvido pode resultar em perda auditiva. 

Possíveis causas

Doenças

O zumbido no ouvido pode estar relacionada a várias doenças. Dentre elas:

  • Perda auditiva: é a principal causa apontada para casos de zumbido no ouvido; 
  • Otite;
  • Pressão alta;
  • Labirintite;
  • Síndrome de Meniére;
  • Problemas odontológicos.

Hábitos ruins

Alguns hábitos ruins, ao longo do tempo, podem ocasionar no surgimento de zumbido no ouvido. Como, por exemplo:

  • Tomar medicamentos sem prescrição médica;
  • Interrupção de tratamento com antibióticos interrompido;
  • Alcoolismo;
  • Tabagismo;
  • Hábitos alimentares ruins: consumo de muitos açúcares, sal e cafeína;
  • Uso de fones de ouvido por mais de 60 minutos diários;
  • Frequentar ambientes muito barulhentos.

Higiene

Quando se trata da higiene dos ouvidos, o procedimento não pode ser realizado da maneira incorreta, pois isso pode causar lesões no tímpano e causar zumbido ou, até mesmo, perda auditiva. 

Para saber como realizar essa higiene de forma adequada, leia o artigo: Cuidados básicos na hora de limpar os ouvidos.

Alterações hormonais

As alterações hormonais também podem causar alterações na audição, gerando zumbido no ouvido. Nesse caso, assim que o tratamento indicado pelo médico for finalizado, o sintoma deve sumir automaticamente, não exigindo necessariamente uma intervenção própria.

Mas, afinal, o zumbido tem cura?

Sim, o zumbido no ouvido tem cura quando diagnosticado e tratado corretamente. 

Por isso, ao identificar qualquer tipo de zumbido em seu ouvido, não deixe de procurar por um otorrinolaringologista o mais rápido possível. 

O médico irá realizar os exames necessários para realizar o diagnóstico ou, até mesmo, para indicar uma consulta com médicos de outras especialidades. 

Veja também:

Baixe gratuitamente o e-book e entenda a relação do zumbido no ouvido com a perda auditiva

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts