Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Coceira no ouvido: o que pode ser?

Menino com coceira no ouvido

Uma simples coceira no ouvido, quando se torna persistente e não alivia com o passar do tempo, pode ser um sinal de que há algo errado com a sua audição.

A ausência de tratamento, nesses casos, pode influenciar diretamente no surgimento de problemas auditivos, que podem acarretar até mesmo na diminuição profunda da capacidade auditiva. 

Quer entender mais sobre as principais causas da coceira no ouvido e como tratá-las? Ao longo deste artigo explicaremos melhor cada uma delas. Confira!

Principais causas da coceira no ouvido

Alergias a medicamentos e a alimentos

De maneira geral, as alergias são umas das principais causas da coceira no ouvido. Isso porque elas podem causar reações variadas e em áreas diversas do corpo e, muitas vezes, podem evoluir para estágios mais graves. Por isso, elas devem ser diagnosticadas e controladas por médicos. 

Dependendo da gravidade da alergia, se ela se manifesta na região do ouvido e não é contornada, o paciente pode desenvolver, inclusive, uma perda auditiva.

Por isso, é importante, ao sinal de qualquer coceira persistente, ir a um otorrinolaringologista, a fim de preservar a sua saúde auditiva.

Infecção causada por bactérias ou fungos

As infecções no ouvido, como a famosa otite, podem ocorrer durante a vida, sendo comumente mais encontrada em crianças. Apesar de algumas pessoas acreditarem, portanto, que os problemas auditivos só atingem idosos, os sintomas auditivos devem ser investigados independentemente da idade. 

De modo contrário, uma simples infecção ignorada pode acarretar em um problema mais grave, como a perda severa da audição. 

Dermatite crônica

A dermatite aponta uma inflamação na pele, que causa coceira e vermelhidão no local em que se maniesta. Sendo assim, é necessário tratar com um dermatologista. Normalmente, essa condição deve ser tratada com o uso de medicamentos ou a diminuição/inserção de alimentos na dieta, que devem ser recomendados por profissionais na área. 

Além disso, a dermatite pode se manifestar em diversas regiões do corpo, sendo agravada quando os sintomas não são controlados da maneira correta. Por isso, as manchas avermelhadas e incômodas na pele não devem ser ignoradas. 

Em todos os casos listados acima, a perda auditiva pode ser uma consequência diante da falta de tratamento do agente causador da coceira nos ouvidos. Caso esteja com este problema, consulte-se com um otorrinolaringologista para verificar o status da sua saúde auditiva. 

Como tratar a coceira no ouvido

Não se deve, de maneira alguma, inserir objetos dentro do ouvido para aliviar a coceira. Isso porque, além de machucar, pode perfurar o tímpano definitivamente, causando infecções ou a própria perda auditiva. 

Quando a coceira surgir, é recomendado pelos médicos apenas a limpeza normal na região durante o banho; evitando a entrada de água, objetos e outros líquidos dentro do ouvido. Lembre-se: a saúde auditiva é tão importante quanto a do resto do corpo.

Se a coceira for persistente e continuar mesmo após a limpeza indicada acima, é extremamente importante ir a uma consulta com o médico. Como apontado acima, o sintoma pode indicar diversos problemas que devem ser tratados por profissionais. 

Saiba mais: 

6 cuidados na limpeza dos ouvidos

Agora que você já sabe as principais consequências de não tratar a coceira no ouvido, não adie os cuidados com a sua saúde auditiva, ok?

Leia também:

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts