Guia para novos usuários de aparelho auditivo - AudioFisa

Precisando de aparelhos auditivos?

Veja qual é o aparelho mais recomendado para você

Guia para novos usuários de aparelho auditivo

O diagnóstico de perda auditiva chegou e, com ele, um novo companheiro para seu dia a dia: aparelhos auditivos. Embora você tenha conversado bastante com seu fonoaudiólogo sobre o uso de próteses, a realidade pode ser diferente e exigir de você um pouco mais de paciência para se adaptar aos novos sons que vão entrar em sua vida.

Principalmente quando se convive muito tempo com dificuldade para ouvir, esse processo de adaptação pode ser um pouco mais longo, afinal, o cérebro precisa de tempo para se readaptar. No entanto, é importante ter em mente que, com acompanhamento profissional e persistência, novos usuários de aparelhos auditivos podem se beneficiar em todos os aspectos e conquistar muito mais qualidade de vida.

Se você está começando a usar aparelhos ou acompanha alguém que está tentando se adaptar, este artigo será muito útil. Nele, vamos destacar as dificuldades mais comuns e como contorná-las para que seus dispositivos se tornem uma parte natural de sua rotina.

 

Encare com calma a adaptação

Antes de mais nada, você precisa saber que não existe mágica no processo de adaptação. Talvez, seu aparelho precise de alguns ajustes para suprir suas necessidades e se encaixar mais naturalmente em sua rotina. Nesse período, tenha calma e confiança de que, apesar de parecer um pouco difícil no início, o uso das próteses traz uma série de benefícios para o seu dia a dia.

Também pode ajudá-lo saber que não é o único a ter queixas logo que começa a usar os dispositivos. Muitos novos usuários de aparelhos auditivos relatam, por exemplo, desconforto ao ouvir sons mais fortes e incômodos com ecos e assobios. Tudo isso é normal e pode ser ajustado com o auxílio de seu fonoaudiólogo.

Então, nada de desistir porque algumas situações parecem desagradáveis no começo. Siga as dicas que vamos listar abaixo e entenda que esse processo é passageiro, enquanto os benefícios serão permanentes.

 

Dicas para novos usuários de aparelhos auditivos

 

Seja franco com seu fonoaudiólogo

O fonoaudiólogo é o profissional que te ajudará a passar pelo processo de adaptação de forma mais tranquila, por isso, seja sempre muito honesto(a) com ele e relate qualquer desconforto, dor ou dificuldade relacionada ao uso do aparelho.

Aproveite as consultas, também, para tirar dúvidas sobre essa novidade em sua vida e não deixe de perguntar nada que possa lhe parecer importante. Se achar mais prático, anote alguns pontos principais antes da consulta para não esquecer de questionar o fono sobre eles.

Como esse profissional será fundamental em sua reabilitação auditiva, escolha com critério quem vai acompanhá-lo nessa jornada, dando preferência a quem já tem experiência com aparelhos.

 

Teste o aparelho antes de escolher

Este é um ponto essencial para facilitar sua adaptação: teste o aparelho antes de comprá-lo. Por mais que você tenha se informado sobre o tipo, modelo e marca do dispositivo, é só no dia a dia que você poderá confirmar se ele é o ideal para você.

Atualmente, muitas clínicas, como a Audiofisa, oferecem a opção de testar o aparelho gratuitamente por sete dias, então, aproveite a oportunidade para perceber, na prática, como seu novo amigo vai se comportar em sua rotina. Observe se é fácil de manusear e limpar, se oferece todos os recursos que você espera, se o formato se ajusta bem a sua orelha e, claro, como é a qualidade do som que chega a seus ouvidos.

Durante o teste, converse com seu fonoaudiólogo e descreva a ele como tem sido a experiência, explicando tanto pontos positivos quanto negativos.

 

Seja paciente e tenha metas realistas

Nem sempre a adaptação a um novo modelo de aparelho é simples e rápida e você deve estar ciente disso para que não haja frustração ou mesmo desistência, pois o abandono do tratamento traz sérios danos. Embora possam restaurar boa parte de sua audição e lhe proporcionar uma vida normal, as próteses não curam problemas auditivos. Então, não crie expectativas impossíveis de serem alcançadas.

Esse processo pode ser mais tranquilo se você estabelecer metas realistas, entendendo que o cérebro leva de três a seis meses para começar a reagir aos sons de forma natural. O que você pode fazer para facilitar essa etapa é ir “apresentando” estímulos sonoros ao seu cérebro de forma gradual, sem forçar demais, mas também sem deixar de impor alguns desafios.

 

Aumente gradualmente o tempo de uso

Se a redescoberta dos sons ficar muito cansativa e começar a incomodá-lo demais, relaxe e dê tempo à sua audição para se recuperar. No entanto, para que os incômodos da adaptação não se prolonguem demais, insista no uso o quanto for possível: quanto mais tempo você usar o aparelho, mais rápido se acostumará a ele.

No começo, tente usar a próteses por pelo menos oito horas e vá aumentando esse tempo conforme for se sentindo mais confortável. Assim, você logo vai conseguir utilizá-las o dia todo, retirando apenas para tomar banho e dormir.

 

Conte com amigos e familiares

Envolver mais pessoas nessa nova etapa de sua vida pode ser uma forma de passar por ela com mais tranquilidade. Converse sobre sua experiência, suas dificuldades e seus avanços com o uso do aparelho e não trate o assunto como um tabu.

Se você tiver a oportunidade de conversar com outras pessoas que também usam aparelhos, não deixe de aproveitá-la por receios ou preconceitos. Compartilhar suas dúvidas e como tem sido a convivência com os dispositivos vai ajudá-lo não só a conhecer melhor essa realidade como a aceitá-la de forma mais natural.

 

Treine sua comunicação

Para saber se o aparelho está realmente ajudando sua audição, não tem outro jeito: você tem que conversar. Mesmo que consiga ouvir sons que não ouvia antes, é preciso que a comunicação com outras pessoas seja beneficiada, então, chame um familiar ou amigo e comece a bater papo.

Mas calma! Não precisa começar com uma festa ou um grande grupo de pessoas. No início, treine o diálogo com apenas uma pessoa, em um local silencioso e, aos poucos, vá aumentando o grau de dificuldade das conversas, incluindo mais pessoas e lugares com mais barulho.

Teste também como está sua compreensão para assistir à TV ou falar ao telefone. Hoje em dia, há aparelhos com tecnologias como a conexão por bluetooth que facilitam essas situações. Basta conectar-se e o aparelho funciona como um fone de ouvido.

Então, nada de limitações. Use suas próteses auditivas como boas aliadas para redescobrir sons e experiências.

 

Tenha cuidado com a manutenção

Umidade, cera, pó e outros resíduos podem comprometer o funcionamento do seu aparelho, tanto por bloqueio dos sons como por danos causados aos componentes. Por isso, para ouvir bem e ainda aumentar a durabilidade dos dispositivos, esteja atento aos cuidados com manutenção e higienização.

Novos usuários de aparelhos auditivos podem ter muitas dúvidas sobre essa limpeza e, se esse é o seu caso, converse com seu fonoaudiólogo sobre a melhor forma de manter as próteses protegidas. Uma dica importante é deixar o aparelho no desumidificador durante a noite, já que a umidade é uma grande inimiga desses dispositivos.

Para saber mais sobre a vida útil dos aparelhos, acesse:

Quanto tempo dura um aparelho auditivo?

 

Priorize sua qualidade de vida

Como você viu neste artigo, o início da vida com próteses auditivas pode não ser um paraíso e exigir disposição e paciência até que os resultados comecem a aparecer. No entanto, o número de benefícios supera a lista de dificuldades e isso deve ser um motivador para que você insista no uso tendo como objetivo uma melhor qualidade de vida.

Para novos usuários de aparelho auditivo, testar o dispositivo por sete dias é uma das formas de constatar, na prática, como é essa realidade. Mas, caso você não se adapte ao aparelho nesse período, não desista e busque mais orientações com seu fonoaudiólogo, pois as próteses são o principal tratamento para quem tem perda auditiva.

Se você está pronto para testar um aparelho, procure a Audiofisa para lhe ajudar nessa nova etapa. Além de profissionais experientes para lhe atender, contamos com dispositivos modernos e de alta tecnologia para que sua experiência seja ainda melhor. Clique aqui e solicite seu teste.

CTA Audiofisa Teste Grátis do Aparelho Auditivo durante 7 dias!

Agente o seu Teste Grátis do Aparelho Auditivo por uma semana!

Veja também:

Como conectar meu aparelho auditivo à TV?

8 Dicas Para se Adaptar Mais Rápido ao Aparelho Auditivo

Fonoaudióloga: Ariane Gonçalves

CRFa: 5-11150

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

Whatsapp
Telefone