Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Os malefícios de não cuidar da sua perda auditiva

malefícios de não cuidar da perda auditiva

Se uma pessoa está com dificuldades para ouvir, ignora a sua situação e não procura o tratamento, a perda auditiva pode se agravar e impactar muito negativamente na sua qualidade de vida, com consequências sociais, psicológicas e até físicas muito sérias.

No começo, uma dificuldade para ouvir aqui e ali pode parecer algo bobo, sem muita relevância. Mas o grau de perda auditiva pode, sim, evoluir e é uma questão que precisa de mais atenção e cuidado para reduzir os seus impactos no dia a dia.

Neste artigo, você entenderá melhor sobre quais são essas consequências, para que possa ter consciência do quão importante é tratar a sua perda auditiva. 

Problemas ainda mais sérios podem surgir e, a cada virada do relógio, mais os riscos aumentam…

Agora, se você é um amigo, familiar ou uma pessoa próxima de alguém que está com dificuldades para ouvir, leia também este outro conteúdo: 5 dicas para ajudar alguém com perda auditiva. Entendemos a sua preocupação e queremos ajudá-lo nessa situação.

Quais as consequências de uma perda auditiva não tratada?

– Dificuldades no trabalho e até risco de demissão

Imagina a situação: se você tem dificuldades para ouvir, fica mais difícil acompanhar a rotina de trabalho, prestar atenção em reuniões e apresentações e escutar quando o seu chefe ou algum colega te chama.

E, ainda, você naturalmente se esforça mais para ouvir os sons ao seu redor, fazendo com que fique muito mais cansado mentalmente e fisicamente durante o expediente, podendo impactar até mesmo na sua produtividade e na impressão que passa para os outros.

Como não trata a sua perda auditiva e, muitas vezes, os outros nem sabem que você está com dificuldades para ouvir, você pode soar grosseiro por parecer ignorar o que os outros dizem. Aos olhos do chefe, você não é mais um funcionário tão produtivo, o que pode resultar em problemas mais sérios e até mesmo em uma demissão.

– Isolamento social e depressão

Essa é uma das consequências mais comuns de uma perda auditiva não tratada. Uma pessoa que não ouve direito os sons do ambiente, nem entende perfeitamente o que os outros ao seu redor falam, naturalmente vai sentir desânimo e falta de vontade em estabelecer qualquer diálogo com o tempo, ou em participar de qualquer atividade no seu dia a dia que envolva a interação com outras pessoas.

Com isso, ela acaba se excluindo do seu próprio convívio social e se isolando devido à perda de audição, e pode ter seu quadro evoluído para uma depressão.

O sentimento de rejeição, a falta de energia e ânimo para sair de casa ou de simplesmente conversar com outra pessoa, além do sentimento de não poder fazer muitas das atividades que gostava, é o que leva uma pessoa com perda auditiva não tratada a desenvolver um quadro depressivo.

Entenda melhor a relação entre surdez e depressão aqui.

– Demência (especialmente o Alzheimer)

Ouvir a fala de outras pessoas e qualquer som externo é um estímulo importante para o bom funcionamento cognitivo do cérebro. Então, se a audição está prejudicada e permanece assim por muito tempo, essa função cerebral diminui, causando a demência.

Além disso, o cérebro também fica sobrecarregado, já que a pessoa com perda auditiva tem que se esforçar mais para conseguir ouvir e o cérebro tem que usar mais da sua capacidade normal para processar o som percebido.

Outra questão, especificamente sobre a memória, é que um som ouvido sem qualidade e de forma não clara é mais difícil de ser lembrado. Esse, portanto, é outro fator que colabora para o desenvolvimento da demência ao longo dos anos, especialmente no que se refere ao Alzheimer.

– Mais chances de sofrer acidentes e de se machucar 

Sim, esse também é um grande risco no dia a dia de quem não trata a perda auditiva.

Isso porque a audição também está relacionada com o equilíbrio, ajudando o corpo a se posicionar no espaço.

Uma pessoa com perda auditiva não consegue perceber sons ao seu redor que são importantes para a sua segurança, como o barulho de um carro ou moto se aproximando, buzinas, alarmes de incêndio, alguém se aproximando com os passos acelerados, o som quando alguma coisa de vidro quebra e espalha cacos pelo chão, entre outras situações.

– Quanto maior a demora para iniciar o tratamento, pior será a reabilitação auditiva para o paciente

maleficios de não cuidar da perda auditiva

Ao adiar o tratamento, todos os sinais comuns de perda auditiva tendem a piorar e impactar ainda mais no dia a dia do paciente.

Então, a tendência é que ele peça cada vez mais para as pessoas repetirem o que acabaram de falar (e para repetir mais alto), as dificuldades para entender alguém em uma ligação aumentam, o volume da TV precisa ficar excessivamente mais alto que o normal para conseguir escutar, entre tantas outras situações comuns.

Quer saber mais sobre quais os principais sinais da perda auditiva? Confira aqui e saiba identificar.

Perda auditiva de severa a profunda: diagnóstico e como contornar

Além disso, quanto mais tardio o tratamento, mais difícil será trazer de volta a audição e compreensão de fala pelo paciente, de forma completa, uma vez que suas funções cognitivas podem estar bastante prejudicadas.

– Quanto maior a demora para iniciar o tratamento, maior será o aparelho auditivo indicado para o paciente

Essa é uma curiosidade que responde ao desenvolvimento da perda auditiva que não é tratada. Uma vez que o paciente ignore sua dificuldade em ouvir, sua perda auditiva poderá evoluir, suas funções cognitivas poderão ser bastante reduzidas, tornando o tratamento mais limitado e complexo.

Nesse ponto, enquanto pacientes que tratam sua perda auditiva precocemente podem se beneficiar com o uso de aparelhos auditivos quase invisíveis, pacientes que adiaram o tratamento não terão a mesma variedade de opções. De modo geral, precisarão contar com aparelhos auditivos maiores para contornar sua perda auditiva já avançada.

Em qualquer sinal de perda de audição, mesmo que mínimo, procure um especialista o mais rápido possível

A perda auditiva pode ser um quadro que se desenvolve e se agrava lentamente, com o passar dos anos. 

Então, se perceber qualquer sinal, mesmo que pareça simples, procure imediatamente um especialista para que ele possa fazer o diagnóstico preciso e indicar a melhor forma de tratamento, para evitar todas as consequências que explicamos acima.

A perda auditiva deve ser levada à sério desde o início!

O médico mais indicado para esse diagnóstico é o otorrinolaringologista. No consultório, ele vai avaliar o seu caso e fazer o teste da sua audição, por meio de um exame simples chamado audiometria.

>>> Não ignore os sintomas da perda auditiva. Opte por iniciar o seu tratamento imediatamente!

O uso de aparelhos auditivos é capaz de restaurar a qualidade de vida do paciente 

Em geral, o uso de aparelhos auditivos é a forma de tratamento mais indicada e efetiva para pacientes que sofrem de perda auditiva, pois apresentam vários benefícios para o seu dia a dia e qualidade de vida: melhora da saúde mental, elevação da autoestima, interação normal com outras pessoas, facilidade para se comunicar, conforto e naturalidade no trabalho, e qualidade de vida como um todo.

Saiba mais em: 

5 benefícios do aparelho auditivo para o seu dia a dia!

Com o passar dos anos e com a evolução da tecnologia, as próteses auditivas estão cada vez mais modernas e adaptadas às rotinas particulares de cada paciente. Existem, por exemplo, modelos com conectividade Wi-Fi e bluetooth que permitem conexão direta com smartphones, TVs e notebooks, possibilitando ao paciente ouvir claramente os sons advindos desses dispositivos.

Existe uma variedade imensa de aparelhos auditivos, justamente para que possa escolher o que melhor se adapta ao seu dia a dia e às suas necessidades. Por isso, lembre-se: deixar de tratar a perda auditiva NÃO é uma opção.

Leia também:

Banner_Audiofisa_opticonopn
Agente o seu Teste Grátis do Aparelho Auditivo por uma semana!

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts