Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Perda auditiva em idosos: entenda o que é e como tratar

Perda auditiva em idosos

A perda auditiva tem um grande impacto na qualidade de vida e atinge grande parte da população idosa.

Essa perda auditiva em idosos geralmente acontece em ambos os ouvidos por conta do processo natural do envelhecimento do corpo.

Para entender melhor como acontece e como tratar, acompanhe o conteúdo!

Causas da perda auditiva no idoso

A perda auditiva é algo que pode acontecer mais comumente conforme o passar dos anos.

Cerca de 11% dos pacientes que possuem entre 44 e 54 anos já apresentam algum tipo de deficiência ou dificuldade auditiva. Este percentual chega a quase 50% da população que possui mais de 60 anos de idade.

As causas mais comuns, além do fator idade, são a hereditariedade e a exposição crônica a grandes ruídos. Com o passar dos anos, esses ruídos tendem a piorar a audição.

Além disso, outras causas comuns são:

Grande uso de medicações

O uso contínuo e frequente de medicações pode interferir sim na saúde auditiva. Desta forma, é importante buscar auxílio médico para descobrir se essa pode ter sido a causa.  

Infecções

Infecções como otite e meningite podem contribuir para a perda auditiva.

Tabagismo

O uso do cigarro, tanto a curto quanto a longo prazo, pode causar diversos tipos de problema de saúde, incluindo a perda auditiva.

Diabetes e hipertensão

Ambas as doenças podem contribuir com a perda auditiva. Desta forma, é importante realizar exames de rotina e buscar o médico sempre que notar alguma alteração no quadro de ambas as doenças.

Sintomas da perda auditiva em idosos

A principal característica é a perda simétrica e progressiva da audição de alta frequência ao longo dos anos.  Essa perda também costuma ser acompanhada de desequilíbrio, zumbido no ouvido e alguns tipos de vertigem.

Além disso, algumas mudanças de hábito podem facilitar o diagnóstico, como não conseguir manter uma conversa com mais de uma pessoa, aumentar bastante o volume da televisão ou rádio e ainda assim não ouvir normalmente e, também, a falta de compreensão em algumas palavras.

Tratamentos da perda auditiva no idoso

Não existe um tratamento exato que possa prevenir ou curar a perda de audição dos idosos. Mas existem hoje tratamentos para compensar a perda auditiva e aumentar a qualidade de vida.

São eles:

Aparelhos auditivos

Os aparelhos auditivos podem melhorar a função auditiva e, consequentemente, a forma como o idoso leva a vida, já que assim não fica dependente de outras pessoas.

Raramente a perda auditiva por conta da idade se torna extremamente grave. Sendo assim, o uso dos aparelhos auditivos é o suficiente para tratar o problema.

O uso dos aparelhos também diminui o zumbido no ouvido, que é extremamente comum em pacientes idosos.

Implante Coclear

Quando a perda auditiva é mais severa, o tratamento mais indicado é o implante coclear.

É um procedimento extremamente seguro e pode ser realizado com segurança mesmo por pessoas acima dos 80 anos.

É indicado, geralmente, quando há perda auditiva bilateral severa e que não é resolvível com apenas os aparelhos comuns.

Informações importantes

Algumas informações são importantes sobre o assunto, como:

  • Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Johns Hopkins nos Estados Unidos, cerca de 57% dos idosos que possuem algum tipo de perda auditiva estão suscetíveis a ter depressão;
  • Pessoas com mais de 60 anos devem fazer a audiometria anualmente para averiguar o audição;
  • Quanto mais cedo for diagnosticada a deficiência auditiva, menores são as consequências causadas pelo problema;
  • O apoio de amigos e familiares é indispensável, já que motiva a busca médica. Quanto antes o tratamento começa, melhor para tratar a perda auditiva em idosos;
  • Com o frequente avanço tecnológico, os aparelhos auditivos melhoraram significativamente o desempenho, minimizando as más experiências e os incômodos que eram constantes para os idosos antigamente.

A perda auditiva também está ligada a outros problemas, como é o caso da Labirintite. Baixe o nosso e-book e saiba mais.

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts