Fale conosco

(61) 3702-6602/3039- 6602

Ponto de atendimento

Agenda sua avaliação grátis

Veja as novidades

Acesse nosso blog

Tenho perda auditiva e não uso aparelho auditivo: meu grau vai aumentar?

Tenho perda auditiva e não uso aparelho auditivo meu grau vai aumentar

Não conseguir interagir em uma conversa, isolar-se em programas de família ou perder aquela grande chance profissional são problemas que pessoas com perda auditiva enfrentam constantemente. Para auxiliá-las a superar os obstáculos, os aparelhos auditivos surgem como excelentes soluções, promovendo uma restauração da audição que possibilita levar uma vida normal.

No entanto, por falta de informação ou preconceitos, muitas pessoas recusam o tratamento, deixando de aproveitar uma série de benefícios proporcionados pelo uso frequente das próteses. Além disso, ainda se expõem a riscos desnecessários, como o agravamento do quadro.

“Então, meu grau de perda auditiva vai aumentar se eu não usar aparelho?”. Há vários fatores que podem levar a graus mais sérios de perda de audição e deixar de tratar o problema com os dispositivos indicados por seu fonoaudiólogo é um deles. Se você está adiando o início de seu tratamento ou conhece alguém que está, preste atenção às orientações desse artigo e veja como cuidar melhor da sua audição.

 

Quais são os graus de perda auditiva?

A classificação da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a perda auditiva inclui quatro graus, que variam de acordo com a percepção e o entendimento dos sons. Sem o tratamento com aparelhos auditivos, há o risco de evolução para graus mais altos, podendo chegar à surdez total. Veja, a seguir, quais são os níveis de perda auditiva:

  • Leve: é possível entender uma conversa em tom mais baixo, a curta distância ou com poucos ruídos.
  • Moderado: a pessoa consegue ouvir sons mais altos, mas, uma fala em tom normal é percebida apenas como um ruído, sem compreendê-la.
  • Severo: apenas sons muito altos podem ser ouvidos e não é possível uma conversa sem leitura labial ou linguagem de sinais.
  • Profundo: não se ouve mais nada e, muitas vezes, só é possível perceber os sons como vibrações.

 

Para saber mais sobre os níveis de perda auditiva, acesse:

Os diferentes graus da perda auditiva e seus tratamentos

Guia para novos usuários de aparelho auditivo

 

Sem aparelho, meu grau de perda auditiva vai aumentar?

Sem ouvir direito, você precisa se esforçar mais para compreender as conversas e outros sons e até para realizar algumas tarefas, levando a uma sobrecarga cerebral. Além disso, para que consiga escutar, o tom de voz precisa ser mais elevado e é necessário aumentar o volume da televisão ou do rádio, por exemplo, submetendo-se a ruídos muito altos, que prejudicam ainda mais sua audição. Por isso, o uso frequente das próteses é uma das formas de prevenir a evolução acelerada da deficiência auditiva.

Com os aparelhos auditivos, você pode realizar suas atividades sem a necessidade de volumes altos ou de estar em constante alerta para conseguir escutar e, assim, chega ao fim do dia com menos cansaço mental. Dessa forma, o uso frequente das próteses também contribui para evitar outros problemas decorrentes da falta de tratamento, como depressão e Alzheimer.

Ressalta-se, ainda, que, muito além do avanço do grau, ausentar-se do tratamento por muito tempo prejudicará sua reabilitação auditiva futura. Ou seja, ao tratar imediatamente, seu cérebro não sentirá o impacto de deixar de ouvir por muito tempo e responderá muito melhor ao tratamento. De modo contrário, ao adiar o tratamento com aparelhos auditivos, ao utilizá-los no futuro, é muito provável que o seu grau tenha aumentado e que o seu cérebro já esteja acostumado com o não ouvir, prejudicando a qualidade do tratamento.

 

Quais as vantagens de usar aparelho?

Quem inicia mais cedo o tratamento, além de muitos benefícios para sua qualidade de vida, ganha vantagens com a adaptação e a possibilidade de contar com próteses mais discretas e confortáveis, que pouco interferem em sua aparência e em sua rotina do dia a dia.

Além disso, o mercado atual oferece várias funcionalidades que permitem estar conectado com o mundo moderno de uma forma prática, simples e dinâmica. É o caso de aparelhos com conectividade, que possibilitam a conexão por bluetooth ou wireless com dispositivos como celulares e TVs, funcionando como fones de ouvido, e podem até acender e apagar as luzes da sua casa. Há, ainda, a opção de dispositivos recarregáveis, invisíveis ou de uso contínuo por 24 horas, garantindo muito mais autonomia e facilidades no seu cotidiano.

Você também pode experimentar vários acessórios para aparelhos com conectividade, muitos deles com aplicativos para que você controle e personalize o seu dispositivo de acordo com suas necessidades, melhorando ainda mais sua experiência auditiva. 

 

Invista em seu bem-estar

Como você acabou de ver, as tecnologias atuais são ótimas aliadas de quem quer uma vida mais independente e conectada, mesmo com deficiência auditiva. Além de ajudar a reabilitar sua audição, os aparelhos contribuem para seu bem-estar e realização pessoal e profissional.

Por outro lado, sem usar o aparelho, seu grau de perda auditiva pode aumentar e levar a uma série de outros problemas. Então, se você tem a indicação para uso da próteses, não adie mais o início de seu tratamento. Procure a Audiofisa e receba todas as orientações necessárias com nossa equipe de profissionais. Para que a adaptação seja ainda mais tranquila, você pode testar gratuitamente um aparelho. Clique aqui e solicite seu teste.

 

CTA Audiofisa Teste Grátis do Aparelho Auditivo durante 7 dias!
Agente o seu Teste Grátis do Aparelho Auditivo por uma semana!

Compartilhe

FAÇA UM TESTE GRÁTIS

    Mais posts